Fluxos de internações por COVID-19 entre regiões de saúde A Segunda Gerência Regional de Saúde de Pernambuco em perspectiva

Conteúdo do artigo principal

José Roberto Henrique Souza Soares
https://orcid.org/0000-0002-5683-3816
Anselmo César Vasconcelos Bezerra
Jan Bitoun
https://orcid.org/0000-0002-4503-6299

Resumo

A pandemia causada pela COVID-19 alastrou-se pelo mundo provocando impactos significativos nas estruturas operacionais dos sistemas de saúde, inclusive o brasileiro e consequentemente modificou a estrutura dos serviços prestados no estado de Pernambuco. Neste sentido, analisou-se o impacto que essa doença provocou na Segunda Gerência Regional de Saúde de Pernambuco, identificando a integração dos municípios que compõem esse território por meio dos deslocamentos populacionais para atendimentos em saúde e comparando-os com os dados de internamento por COVID-19 durante o período de março de 2020 a janeiro de 2021 nos municípios que compõem a região. Assim, realizou-se uma pesquisa de natureza exploratória e cunho quantitativo, na qual foram identificados o ganho de centralidade do município sede da regional (Limoeiro), a ampliação de relações entre as gerências regionais de saúde para transferências em decorrência de internações, entre as quais manteve-se a concentração de atendimentos complexos na Região Metropolitana do Recife. Os fluxos de internamentos em consequência da COVID-19 evidenciam como a regionalização da saúde permanece frágil, mas suscetível a mudanças em Pernambuco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
Soares, J., Bezerra, A., & Bitoun, J. (2022). Fluxos de internações por COVID-19 entre regiões de saúde: A Segunda Gerência Regional de Saúde de Pernambuco em perspectiva. Metodologias E Aprendizado, 5, 67–81. https://doi.org/10.21166/metapre.v5i.2647
Edição
Seção
Artigos

Referências

CONTEL, F. B. Os conceitos de região e regionalização: aspectos de sua evolução e possíveis usos para a regionalização da saúde. Saúde e Sociedade, São Paulo. v.24, n.2. pp. 447- 460. 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-12902015000200005.

DUBEUX, L. S. A regionalização da assistência às urgências e emergências em hospitais de referência regional de Pernambuco: uma avaliação sobre a Vertente do Acesso aos Serviços de Saúde. Tese (Doutorado em saúde pública) - Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz, 2012.

GUIMARÃES, V. L. B. O processo da regionalização da saúde em Pernambuco, na perspectiva da Gestão Estadual. Dissertação (mestrado) Universidade Federal de Pernambuco, CCS, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2012.

IBGE. Instituto Brasileiro Geográfico e Estatístico. Pesquisa Regiões de Influência das Cidades: informações de deslocamentos para serviços de saúde. Notas técnicas. Rio de Janeiro: IBGE, 2020.

LOPES, N. B., ALBUQUERQUE, A. C., FELISBERTO, E. Vigilância em Saúde regionalizada em Pernambuco: um estudo de caso. Saúde em Debate, v. 43, 2019. pp. 712-726. DOI: 10.1590/0103-1104201912205.

PERNAMBUCO. Secretaria Estadual de Saúde. Plano Diretor de Regionalização. [S.I.]. 2011.

_______. Secretaria de Saúde de Pernambuco. Mapa Analítico de Saúde da II Região de Saúde: Pernambuco. Limoeiro, 2013.

_______. Secretaria de Saúde de Pernambuco. Relatório Detalhado Quadrimestral: 2º Quadrimestre de 2020. Pernambuco. 2020.

_______. Secretaria de Estadual de Saúde de Pernambuco. Informe Epidemiológico: Coronavírus (COVID-19) Nº 104/2021. Secretaria Executiva de Vigilância em Saúde. Pernambuco, 2021.

PORTELA, M. C.; PEREIRA, C. C. A.; ANDRADE, C. L. T.; LIMA, S. M. L.; BRAGA NETO, F. C.; SOARES, F. R. G. As regiões de saúde e a capacidade instalada de leitos de UTI e alguns equipamentos para o enfrentamento dos casos graves de COVID-19. Rio de Janeiro: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz. 2020. Disponível em: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/42249

SILVA, A.P.S.C.; MAIA, L.T.S.; SOUZA, W.V. Síndrome Respiratória Aguda Grave em Pernambuco: comparativo dos padrões antes e durante a pandemia de COVID-19. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, 2020. pp. 4141-4150. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-812320202510.2.29452020.

SOUZA, W. V. D.; MARTELLI, C. M. T.; SILVA, A. P. D. S. C.; MAIA, L. T. D. S.; BRAGA, M. C.; BEZERRA, L. C. A.; DIMECH, G.S.; MONTARROYOS, U.R.; ARAÚJO, T.V.B.; MIRANDA FILHO, D.B.; XIMENES, R.A.A.; ALBUQUERQUE, M. D. F. P. M. D. Cem dias de COVID-19 em Pernambuco, Brasil: a epidemiologia em contexto histórico. Cadernos de Saúde Pública. v. 36, e00228220. 2020. pp. 1-11. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0102-311X00228220.