EFEITO DA ADUBAÇÃO FOLIAR NO RENDIMENTO DE GRÃOS DO ARROZ PRÉ-GERMINADO

Conteúdo do artigo principal

Ana Julia Junkes
Jaiani Barbosa
Paula Bianchet

Resumo

A cultura do arroz irrigado possui uma ampla janela de produtividade, o que dependerá das situações climáticas, condições do solo, manejos da cultura e investimento do produtor. O Alto Vale do Itajaí tem uma média alta no quesito produtividade de arroz, mas existem meios que podem elevá-la. Muitos produtores têm usado a adubação via foliar, mas não tem uma avaliação dos resultados desta prática. O estudo teve como propósito avaliar os efeitos da aplicação de fertilizantes via foliar, na cultura do arroz irrigado em sistema de plantio pré-germinado, com o objetivo de achar meios de aumentar a produtividade. O experimento foi conduzido no município de Rio do Campo, onde foram feitos quatro tratamentos com diferentes adubações, em uma área total de 3.312m2, sendo os tratamentos: adubação foliar, adubação foliar + convencional, adubação convencional e testemunha (sem adubação). Foram retiradas duas amostras de 1m2 para cada tratamento, onde foram feitas as seguintes análises: quantidade de panículas/m2, grãos de dez panículas, verificando a esterilidade e fazendo a pesagem de mil grãos. Conclui-se assim que, o tratamento com a adubação foliar + convencional teve o melhor desempenho, sendo válido ressaltar que todos os tratamentos tiveram um rendimento maior do que a média do Alto Vale do Itajaí.

Detalhes do artigo

Como Citar
Junkes, A. J., Barbosa, J., & Bianchet, P. (2024). EFEITO DA ADUBAÇÃO FOLIAR NO RENDIMENTO DE GRÃOS DO ARROZ PRÉ-GERMINADO. Anais Da Feira Do Conhecimento Tecnológico E Científico, 1(24). Recuperado de https://publicacoes.ifc.edu.br/index.php/fetec/article/view/5117
Seção
Ciências Agrárias - Agronomia