CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA E ATIVIDADE ANTIOXIDANTE EM DIFERENTES CULTIVARES DE UVA

Conteúdo do artigo principal

Victória Manoela Bichels Esser
Denize Gabrieli Dacechen
Lucas Aparecido
Alexandra Goede de Souza
Rogério Krause

Resumo

As uvas possuem grande importância econômica na região sul do país onde são cultivadas inúmeras cultivares e híbridos. No entanto, existem diferenças na composição química dos frutos entre as cultivares, tornando possível a seleção das mais adequadas, tanto para a indústria como para consumo in natura. O objetivo do trabalho foi avaliar as características químicas e os compostos bioativos nas cultivares Vitória, Bordô e Niágara produzidas sob cobertura no Alto Vale do Itajaí, SC. Os frutos foram colhidos e imediatamente congelados até o momento das análises. Nos frutos foram avaliados o conteúdo de sólidos solúveis totais (SS), acidez titulável total (AT), relação SS/AT, pH, antocianina, flavonoides, compostos fenólicos totais (CFT) e a atividade antioxidante total (AAT). Os resultados mostraram que os frutos da cultivar Niagara apresentam menor AT e maior relação SS/AT, indicando melhor sabor. Os teores de SS variaram de 18,5% a 21,4% com destaque para Vitória com os maiores valores. A Bordô apresentou conteúdos superiores de flavonoides e CFT, com 17,9 mg 100 g-1 de MF e 41,0 mg EAG g-1 de MF, respectivamente. Além disso, o conteúdo de antocianina foi maior na cultivar Bordo (41,1 mg 100 g-1 de MF), atribuído a pigmentação escura de seus frutos. Todas as cultivares apresentaram AAT superior a 70%, atribuída a alta capacidade de sequestro de radicais livres (DPPH).

Detalhes do artigo

Como Citar
Esser, V. M. B., Dacechen, D. G., Aparecido, L., Souza, A. G. de, & Krause, R. (2024). CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA E ATIVIDADE ANTIOXIDANTE EM DIFERENTES CULTIVARES DE UVA. Anais Da Feira Do Conhecimento Tecnológico E Científico, 1(24). Recuperado de https://publicacoes.ifc.edu.br/index.php/fetec/article/view/5108
Seção
Ciências Agrárias - Agronomia