AVALIAÇÃO DE FORMULADOS BIOLÓGICOS E QUÍMICOS NO MANEJO DA QUEIMA DAS PONTAS DAS FOLHAS DA CEBOLA

Conteúdo do artigo principal

Andressa Elisbão
Eliane Henkel Fróes
Leandro Luiz Marcuzzo

Resumo

O Brasil é um importante produtor de cebola (Allium cepa), especialmente a região Sul. No entanto, as doenças em plantas são fatores limitantes na produção. A queima das pontas das folhas, causada por Botrytis squamosa é uma doença destrutiva de grande importância para a cultura. O controle biológico e alternativo são uma alternativa na redução do uso de agrotóxicos, sendo menos nocivo ao meio ambiente. Dentro desses aspectos o objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito de diferentes formulados biológicos e sanitizantes no manejo da queima das pontas das folhas em mudas de cebola. Foram utilizados biológicos a base de Bacillus amyloliquefaciens; Bacillus subtilis; Bacillus subtilis + B. pumilus + B. velezensis; B. pumilus; Cerevisane; Extrato de Ascophyllum nodosum; Extrato de Melaleuca alternifolia e dos sanitizantes a base de cloreto de benzalcônio e cloreto de etilbenzalcônios + cloreto de benzalcônios. Em experimento em bloco casualizado com três repetições semanalmente foi avaliada a severidade e os dados integralizados pela área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD). Os dados de AACPD, severidade final e rendimento de biomassa das mudas foram submetidos a análise estatística. Não houve diferença na intensidade da doença e rendimento de mudas com os formulados.

Detalhes do artigo

Como Citar
Elisbão, A., Fróes, E. H., & Marcuzzo, L. L. (2024). AVALIAÇÃO DE FORMULADOS BIOLÓGICOS E QUÍMICOS NO MANEJO DA QUEIMA DAS PONTAS DAS FOLHAS DA CEBOLA. Anais Da Feira Do Conhecimento Tecnológico E Científico, 1(24). Recuperado de https://publicacoes.ifc.edu.br/index.php/fetec/article/view/5103
Seção
Ciências Agrárias - Agronomia