AVALIAÇÃO DE DIFERENTES FERTILIZANTES NA CULTURA DA CEBOLA EM SEMEADURA DIRETA NAS CONDIÇÕES EDAFOCLIMÁTICAS DE IMBUIA - SC

Conteúdo do artigo principal

Diogo Kuster
Kauan Carlos Scheidt
André da Costa
Agenor Hercílio de Freitas Neto
Eduarda Conaco
Stefanie Scherer

Resumo

O cultivo da cebola (Allium cepa L.) no Brasil tem importância socioeconômica, especialmente na região do Alto Vale do Itajaí-SC, sendo uma espécie exigente em fertilidade do solo. Objetivou-se neste estudo avaliar a produtividade de bulbos da cebola cultivar Joia em semeadura direta no campo sob diferentes fontes de fertilizantes químicos nas condições edafoclimáticas de Imbuia-SC. O estudo foi conduzido em uma lavoura comercial em Imbuia-SC e foi implantado em junho de 2022, utilizando unidades experimentais 25 m2, avaliando-se 4 tratamentos com 3 repetições cada. Os tratamentos avaliados foram: a) Manual RS/SC: adubação de base e cobertura para a cultura da cebola seguindo o Manual de Adubação e Calagem dos Estados do RS e SC para uma produtividade estimada de 45 t ha-1 utilizando fontes convencionais de NPK. b) Manual RS/SC + Yara Mila: adubação utilizando fontes convencionais associada ao uso do adubo YaraMila UNIK16 em cobertura; c) Yara Gran Cebola: adubação utilizando o portfólio de adubos da empresa Yara Brasil Fertilizantes (YaraBasa, BelaPlus, YaraLivaNitrabor, YaraMila UNIK16 e YaraLiva Nkálcio 14-00-15) e d) Liberação controla: adubação
utilizando o portfólio de adubos da empresa ICL fertilizantes (Phusion, Polyblen e KCl). Os parâmetros avaliados foram a produtividade total e comercial de bulbos e o custo de aquisição de fertilizantes. Foi realizado a ANOVA seguido do uso do teste de diferença mínima significativa de Fisher. Conclui-se que o uso de fertilizantes de liberação controlada resulta em maior produtividade de bulbos totais e comerciais de cebola em sistema de semeadura direta no campo em comparação a fontes convencionais, tendo um maior custo de aquisição em comparação aos fertilizantes convencionais, contudo, pode ser considerado viável economicamente. O uso de fertilizantes do portifólio da empresa Yara Fertilizantes resultou em produtividades e custos intermediários.

Detalhes do artigo

Como Citar
Kuster, D., Scheidt, K. C., Costa, A. da, Neto, A. H. de F., Conaco, E., & Scherer, S. (2024). AVALIAÇÃO DE DIFERENTES FERTILIZANTES NA CULTURA DA CEBOLA EM SEMEADURA DIRETA NAS CONDIÇÕES EDAFOCLIMÁTICAS DE IMBUIA - SC. Anais Da Feira Do Conhecimento Tecnológico E Científico, 1(24). Recuperado de https://publicacoes.ifc.edu.br/index.php/fetec/article/view/5102
Seção
Ciências Agrárias - Agronomia