AVALIAÇÃO AGRONÔMICA E QUALIDADE DE FRUTOS DA AMORA VERMELHA Rubus Rosifolius Smith

Conteúdo do artigo principal

Agatha Barão Cavalheiro
Cláudio Keske
Rony da Silva

Resumo

A espécie Rubus rosifolius Smith, conhecida como Amora vermelha, Amora do mato ou Morango silvestre, é uma planta nativa do Brasil. A Amora ocorre de forma espontânea no Alto Vale do Itajaí. Pode ser utilizada para consumo in natura e na elaboração de geleias, doces, compotas e vinho. O projeto tem como objetivos avaliar o potencial agronômico da espécie, observando a fenologia, a adaptabilidade em área cultivada sob diferentes adubações e avaliar os parâmetros de qualidade dos frutos, verificando também o potencial fitoterápico. O experimento foi realizado em pomar experimental com mudas de raízes obtidas na região do Alto Vale, em Ituporanga-SC e na sede do Instituto Federal Catarinense – Campus Rio do Sul. Os tratos culturais foram os mesmos para todas as plantas do pomar, tais como roçadas e podas, diferenciando apenas os tratamentos de adubação. Os tratamentos de adubação foram de cinco doses de N (0,0, 7,5, 15,0, 22,5 e 30,0g por planta), aplicadas na adubação de manutenção. As doses, 0,0, 7,5, 15,0, 22,5 e 30,0 g correspondem a 0,50,100, 150 e 200% da dose recomendada (Manual de adubação e calagem para os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, 2004). As doses de N em manutenção foram parceladas em três aplicações: no início da brotação, sendo a segunda e terceira aplicações serão realizadas aos 15 e 30 dias após a primeira. As adubações fosfatadas e potássicas de manutenção foram realizadas em aplicação única, no início da brotação. Não houve diferença estatística entre os dados, uma hipótese para isso é de que por serem plantas silvestres, conseguem se desenvolver bem sem a necessidade do uso de adubação nitrogenada adicional.

Detalhes do artigo

Como Citar
Cavalheiro, A. B., Keske, C., & Silva, R. da. (2024). AVALIAÇÃO AGRONÔMICA E QUALIDADE DE FRUTOS DA AMORA VERMELHA Rubus Rosifolius Smith . Anais Da Feira Do Conhecimento Tecnológico E Científico, 1(24). Recuperado de https://publicacoes.ifc.edu.br/index.php/fetec/article/view/5077
Seção
Ciências Agrárias - Agronomia