KÃME BRASIL

SITE EDUCACIONAL SOBRE A CIVILIZAÇÃO CABOCLA DA REGIÃO DO CONTESTADO

Autores

  • Fabricio Bizotto
  • João Eduardo Orlandi Felix
  • Marilia Lazzarotto Garces
  • Rodrigo Espinosa Cabral
  • Vitor Fantinel
  • Wesllen Felipe Langaro Raiser Da Cruz

Resumo

Introdução. Com o uso de aparelhos eletrônicos cada vez mais acessíveis, notou-se a possibilidade
de utilizá-los como alternativa para mostrar a história da civilização cabocla da região do Contestado.
Para justificar a escolha do tema, constatou-se escassez de sites e aplicativos sobre o assunto. Além
disso, tal conteúdo é importante para a comunidade regional, pois, conforme afirma Gomes: “Estudar
História ajuda a entender o Brasil de hoje. Uma sociedade que não estuda História não consegue
entender a si própria porque desconhece as razões que a trouxeram até aqui" (GOMES, 2014).
Pensando também no avanço das plataformas digitais como procedimentos de ensino, decidimos
construir um site interativo e atraente, que poderá ser usado por alunos e também no futuro museu
local, no qual os visitantes terão acesso ao site durante a visitação. Dessa forma, o objetivo deste
projeto é, no âmbito da da nossa equipe, a obtenção de uma melhora no ensino-aprendizagem das
linguagens, dos processos de programação e também deste período histórico que é de grande
relevância. Uma vez que o projeto esteja concluído, o projeto objetiva poder contribuir para a
educação no município, levando o conhecimento disponível no site aos alunos do ensino básico.
Materiais e Métodos. O projeto utilizou a abordagem qualitativa de pesquisa, para aprofundar a
compreensão sobre o público que se deseja atingir e a partir de pesquisas bibliográficas e diversas,
entendeu-se a melhor forma de se aprender digitalmente e os aspectos que podem influenciar numa
possível melhora no aprendizado. Decidiu-se por utilizar dentro do site conteúdos que estarão em
forma textual ao usuário, desenvolvidos a partir de referências confiáveis como artigos, livros e sites
especializados. Também serão inseridos ao site, questões de Enem e vestibulares atuais, fontes
históricas que serão trabalhadas de formas diversas buscando estimular a interpretação, sempre
prezando pelo entendimento de seu contexto histórico e também jogos para estimular o usuário. Para
o desenvolvimento do site utilizou-se HTML, para a construção da página web, juntamente com
JavaScript, que é uma linguagem de programação interpretada estruturada, e também CSS para a
estilização dos elementos desenvolvidos com a linguagem de marcação.
Resultados esperados. Espera-se que o conteúdo do site possua um layout interativo e temático
para maior imersão do usuário, mas também de fácil acesso. De acordo com Alphacode (2019), há
outros elementos que podem ajudar linearmente o usuário a achar o site atrativo, por exemplo o
posicionamento da posição dos ícones e botões no site, afinal é importante que o usuário navegue
com objetividade. No site haverá componentes que trabalham com a interpretação de fontes
históricas, deste modo, ele poderá associar contextos e momentos da história, sem deixar de se
divertir aprendendo. Espera-se que o site possa auxiliar os visitantes do museu local, a buscarem
mais sobre o assunto e que possam colocar em prática o que foi aprendido, por meio de jogos e de
análises de fontes históricas dentro do site. Nessa perspectiva, espera-se que o website possa
ampliar os conhecimentos e a consciência sobretudo da população local sobre eventos dos quais
participaram seus antepassados. Afinal, de acordo com Cezini “A Guerra do Contestado foi um
importante acontecimento de nossa história republicana, fruto de um abandono do Estado sobre a
região e do progresso capitalista através da implantação de empresas multinacionais, que gerou um
deslocamento das relações sociais até então vigentes nas comunidades que ali habitavam”. (CEZINI,
2008).


Referências.
CEZINI, Luzia Sonia. A Guerra do Contestado: para além do Messianismo. 2008. Disponível em:
http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/2285-8 > Acesso em 09. agosto. 2021.


GOMES, Laurentino. “Por que é importante estudar a História do Brasil?”. SER UNIVERSITÁRIO, 2014.
Disponível em:
<https://www.seruniversitario.com.br/mec/laurentino-gomes-por-que-e-importante-estudar-a-historia-do-brasil>.
Acesso em: 02. agosto. 2020.


Layout de aplicativo, como ser eficiente? Alphacode, 2019. Disponível em:
<https://site.alphacode.com.br/layout-de-aplicativo/ > Acesso em: 06. agosto. 2020.

Downloads

Publicado

2021-12-12

Edição

Seção

Resumos