PROJETO LAIKA

Autores

  • Bianca de Mello Ruchel
  • Lucas Silva de Oliveira
  • Raquel Marafon
  • Rodrigo Espinosa Cabral

Resumo

Introdução. Muito se debate sobre o uso de animais em testes de cosméticos e outros produtos, já
que, normalmente esses animais são vistos como seres irracionais, sem senciência e feitos apenas
para servir ao ser humano, como produtos, da forma que este bem entender. No entanto, todos nós
temos direito à vida e ao respeito, isso é garantido pela Constituição Federal, que também protege os
animais em seu artigo. 225, § 1o, inciso VII: “Incumbe ao Poder Público proteger a fauna e a flora,
vedadas, na forma da lei, as práticas que coloquem em risco sua função ecológica, provoquem a
extinção das espécies ou submetam os animais à crueldade” (BRASIL, 1988).
Apesar do amparo legal, todos os dias esse padrão é violado, no abuso, na exploração animal, em
experimentos, pois existe um sistema cultural e econômico para explorá-los. Um exemplo disso, é a
dura realidade do curta “Save Ralph” (Spencer Susser) no qual nos é mostrado, do ponto de vista do
animal, todos os sofrimentos a que eles são submetidos, conforme mencionado no parágrafo anterior.
Nessa perspectiva, o interessante está no fato de que o coelho Ralph não se importa de estar sendo
usado dessa maneira cruel, o que pode ser uma analogia à maneira que os seres humanos não se
importam com essas vidas. Mesmo que nossa legislação ambiental seja considerada uma das mais
avançadas, os testes em animais ainda são tidos como necessários pois geram lucros às empresas e
demais associados.
Nosso objetivo com esse trabalho é conscientizar sobre quão desnecessária e cruel é esta prática,
pois ela desrespeita os animais em condição de ser vivo, além de ser antiética, já que, hoje em dia
existem centenas de alternativas para esse fim. Nesse sentido, o título do projeto é uma homenagem
à cachorrinha Laika (1954-1957), enviada ao espaço, pelo programa espacial soviético, sem
expectativa de sobrevivência.
Metodologia. A primeira etapa é a pesquisa bibliográfica, que compreende: o estudo sobre o conceito
de ética, a ética estendida aos animais, a ética nos testes em animais e as leis que regem estas
ações, a fim de buscar-se aprofundar o conhecimento sobre este assunto.
A segunda etapa é a criação de um site, usando as seguintes linguagens de programação: html, css,
php, java. O website será utilizado para repassar informações e viabilizar a compra de produtos
veganos na região de Fraiburgo. A ideia é formar um acervo com informações sobre ética, sobre os
testes e sobre empresas e produtos que não sejam testados em animais.
Em 2022, pretendemos dar sequência às atividades, realizando a terceira etapa do projeto. Ela prevê
a gravação de podcasts, levar o projeto para as redes sociais e sensibilizar e incentivar, através de
uma oficina, o público estudantil para o uso de produtos não testados em animais.
Resultados esperados. Espera-se, com este projeto, contribuir para a conscientização sobre a
crueldade associada aos testes em animais, por meio da disseminação de informações sobre tal,
além de inteirar sobre as leis e a ética para com os animais.
Esperamos sensibilizar as pessoas para que parem de usar produtos testados em animais e
incentivar o uso de produtos veganos e cruelty-free e informar as pessoas da origem dos produtos
que usam, e apoiar o uso de produtos que não testam em animais.
Por fim, através da construção de um website, pretende-se aprofundar os conhecimentos em
Informática, tendo previamente analisado sites e apps similares como referência. Promover o site,
com intuito de diminuir o consumo e mobilizar os habitantes da importância de respeitar todos os
seres vivos.
Referências
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado
Federal: Centro Gráfico, 1988.
SAVE RALPH. Direção de Spencer Susser. y Humane Society International, 2021. Disponível em
<https://www.hsi.org/saveralphmovie/> Acesso em 15 de maio 2021.

Downloads

Publicado

2021-12-12

Edição

Seção

Resumos