UM ESTUDO SOBRE A DEPENDÊNCIA TECNOLÓGICA DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DO IFC CAMPUS FRAIBURGO

Autores

  • Alex Muniz
  • Lucas Fernandes
  • Matheus Kauê Fernandes Suzin
  • Rafael Seisl Solanha
  • Marlon Cordeiro Domenech
  • Rodrigo Espinosa Cabral

Resumo

Introdução. Na sociedade contemporânea a maioria das pessoas está conectada digitalmente. Isso
ocorre, principalmente, pelo avanço da telecomunicação e da forma como nos relacionamos. Desse
ponto de vista, este trabalho aborda o problema do uso não saudável de novas tecnologias,
especialmente do smartphone e da Internet, o qual acarreta em danos à visão (ANTONA et al., 2017)
e à saúde corporal (KENNEY; GORTMAKER, 2017), prejuízo escolar (YOUNG, 1996) e
consequências mentais (MÜLLER; LEVIEN; ALBERNAZ, 2018). Dada a sua relevância, decidiu-se
explorar o problema e contribuir com a sua solução por meio da tecnologia, a fim de que os
estudantes do IFC - Campus Fraiburgo se conscientizem acerca de como usam essas tecnologias.
Logo, o objetivo deste trabalho é analisar como o ser humano mudou seus hábitos de viver com a
chegada dos celulares e smartphones e contribuir com a solução dos problemas decorrentes disso.
Materiais e Métodos. Para o embasamento teórico foram utilizadas as plataformas Periódicos
CAPES, SciELO e Google Acadêmico, além de livros em meio virtual e físico. Para descobrir qual é a
realidade de dependência tecnológica do smartphone dos estudantes do Ensino Médio Integrado do
IFC - Campus Fraiburgo aplicou-se um questionário por meio do Google Forms. Após ter sido
entendida a realidade desses estudantes, foram aplicados mais dois questionários para esse público,
relacionados a um experimento proposto e realizado por eles de não utilizar o smartphone durante
24h. Em seguida, 5 participantes foram entrevistados, com o intuito de ouvi-los sobre esse momento.
Com base nos procedimentos realizados até o momento, propõe-se desenvolver um
documentário, o qual abordará o uso do smartphone. Utilizar-se-ão editores de áudio, vídeo e
imagem, resultados infracitados, referências teóricas e figuras e vídeos de fontes diversas.
Resultados esperados. Por meio de questionários e do experimento constatou-se que, entre os 71
que responderam a um questionário, todos tinham um smartphone. Além disso, 26 (36,6%)
mencionaram que utilizam o aparelho por mais de 8 horas diárias. Nos questionários relacionados ao
experimento, alguns dos pontos notáveis foram que, dos 14 indivíduos da amostra, 13 (92,9%)
informaram que um ponto positivo foi um maior tempo de socialização com a família, todos relataram
que recomendariam o experimento para ao menos 1 pessoa, e 7 (50%) disseram que a comunicação
com outros indivíduos foi prejudicada.
Os resultados esperados são aprender sobre o processo histórico da forma como as
tecnologias se transformaram ao longo do tempo e como mudamos o jeito de usá-las; entender como
dependemos cada vez mais do smartphone; descobrir qual é a atual situação dos alunos do IFC -
Campus Fraiburgo em relação à dependência tecnológica; e que a proposta para a solução do
problema faça as pessoas se conscientizarem sobre o seu uso do smartphone.

Downloads

Publicado

2021-12-12

Edição

Seção

Resumos