PRODUÇÃO E DOAÇÃO DE VESTIMENTAS PARA RECÉM–NASCIDOS EM VULNERABILIDADE SOCIAL NA CIDADE DE IBIRAMA – SC

Autores

  • Julia Gabrieli Beninca IFC - Campus Ibirama
  • Kamila Cristina Von Zeschau IFC - Campus Ibirama
  • Francisleth Pereira Battisti IFC - Campus Ibirama
  • Ana Silvia de Lima Vielmo IFC - Campus Ibirama

Palavras-chave:

Recém–nascidos, Vulnerabilidade social, Economia Circular

Resumo

A fabricação brasileira têxtil e do vestuário industrial, se caracteriza como um dos maiores produtores mundiais (TEXTÍLIA, 2021), tendo em vista ocupar a segunda posição na geração de empregos da indústria de transformação, perdendo apenas para alimentos e bebidas (ABIT, 2022). Consequentemente está em dos setores geradores de grandes quantidades de resíduos provenientes de suas etapas produtivas. A confecção industrial brasileira é responsável pela produção de resíduos sólidos de vestuário e para viabilizar essa produção são consumidos muitos recursos naturais, como ar, água e solo causando danos muitas vezes irreversíveis, devido ao grande volume produzido que está em torno de 5,9 bilhões de peças no ano de 2017. (SANTOS, 2019). Ainda segundo Santos (2012), a destinação para esses itens atualmente é inadequada, se depositando em lixões a céu aberto, ou em aterros sanitários. Diante de tal cenário os profissionais deste segmento, especialmente os modelistas devem fazer uso de ferramentas que possam diminuir o máximo possível os resíduos evitando assim o desperdício e o aumento do lixo. Tendo em vista que conforme o relatório da primeira infância do município de Ibirama no ano de 2020 o número de crianças em vulnerabilidade atingiu o indicador de 63,59%, praticamente o mesmo relativo ao estado, enquanto se tratando de Brasil, o percentual foi de 96,20%. Cabe ressaltar que o relatório baseou–se no índice de inscritos no Cadastro Único que não estão no Bolsa Família, para dar uma noção melhor da quantidade de crianças em situação vulnerável (IBIRAMA, 2020). O objetivo deste projeto é desenvolver e doar vestimentas básicas para recém–nascidos para a Associação das Voluntárias do Hospital Doutor Waldomiro Colautti (AVHDWC – CNPJ 01959116/0001–15) na cidade de Ibirama SC. Conforme a Associação das Voluntárias do Hospital Doutor Waldomiro Colautti, muitas crianças naturais de Ibirama apresentam carência de vestimenta logo após o nascimento, além do referido hospital atender pessoas nas mesmas condições oriundas de outros municípios do estado. Diante disso, espera–se a amenização da vulnerabilidade social, diminuir a poluição no meio ambiente através do potencial da economia circular, além de contribuir com a formação dos discentes e do bolsista quanto ao aprendizado das habilidades necessárias para a prática da extensão e a importância de fazer o bem.

Downloads

Publicado

2023-11-27