ESTUDO DA UTILIZAÇÃO E RECICLAGEM DO PLÁSTICO E SEUS IMPACTOS NA COMUNIDADE ACADÊMICA DO CAMPUS IBIRAMA

Autores

  • Caroline Eskelsen Ignaczuk IFC - Campus Ibirama
  • Herbert Silva Monteiro IFC - Campus Ibirama

Palavras-chave:

Ecologia, Plásticos, Reciclagem, Comunidade

Resumo

O plástico, inventado pelo inglês Alexander Parkes em 1862 apresenta propriedades que são elementares nos dias em que vivemos. São leves, resistentes, maleáveis e impermeáveis. Por exemplo nos anos 70 às sacolas plásticas foram introduzidas em nosso cotidiano, e se tornaram populares pela distribuição gratuita a cada compra em supermercados e lojas. A destinação a ser tomada é um dos maiores problemas da gestão de resíduos, com a demanda cada vez maior, criam-se as dificuldades quanto ao que fazer com os mesmos. Durante a sua produção, o plástico consome uma grande quantidade de energia, contribuindo, assim, nocivamente com a emissão de gases poluentes. A crescentemente a temática da sustentabilidade e do desenvolvimento sustentável vem sendo abordada no cenário econômico mundial, e assim, as preocupações com o meio ambiente alcançaram o setor empresarial, haja vista a concordância com a relevância da diminuição da poluição ambiental, dos desperdícios e do consumo desenfreado, buscando uma redução do índice de pobreza e desigualdade social. Os resíduos, muitas vezes, são depositados em lugares inapropriados: jogados em vias públicas, terrenos abandonados, lixões etc. Isto gera poluição, desconforto a população e impactos negativos ao meio ambiente. A deposição incorreta dos resíduos é resultado de más condições de armazenamento trazendo problemas ambientais, sociais e de saúde pública. Este projeto de iniciação científica tem como objetivo apresentar as diferentes percepções a respeito do plástico, sua utilização, reuso, reciclagem destinação e suas percepções na questão ambiental desse material tão presente em nosso cotidiano, busca demonstrar, os diversos fatores ambientais e sociais relacionados a utilização deste material, bem como, apresentar alternativas em relação ao seu consumo e de propor formas de reduzir seus impactos ambientais no âmbito da comunidade do IFC de Ibirama. A crescente busca pela sustentabilidade das camadas sociais faz despertar as questões ambientais dos seus mais diversos sujeitos, sendo então a utilização dos diversos tipos de plásticos um fator polêmico nas questões ambientais. Os resultados preliminares de 65 respostas obtidas via formulário eletrônico enviado por e-mail a comunidade acadêmica do Campus Ibirama mostram que, 89,2% utilizam sacolas plásticas regularmente em suas casas, que 69,2% separam seu lixo para coleta seletiva, 81,5% utilizam as sacolas plásticas fornecidas por estabelecimentos comerciais e que 46,2% reciclam seu lixo doméstico. A grande diversidade de plásticos que apresentam diferentes aplicações, reflete o comportamento utilitarista presente em uma sociedade consumista em que ainda falta investimento em educação ambiental e conscientização, além de iniciativas de coleta seletiva e reciclagem dos resíduos sólidos para uma melhoria no gerenciamento das questões ambientais pertinentes a esse material.

Downloads

Publicado

2022-09-19