TECER FUTUROS

Autores

  • Samara Lopes Sene IFC - Campus Ibirama
  • Luís Paulo Posanski IFC - Campus Ibirama
  • Francisleth Battisti IFC - Campus Ibirama

Palavras-chave:

Moda, Promoção Social, Mulheres, Técnicas Manuais de Moda

Resumo

O Projeto de Extensão Tecer Futuros do Instituto Federal Catarinense Campus Ibirama, aprovado pelo edital nº 72/2021, é coordenado pela professora Francisleth Battisti, tem como colaborador o professor Luís Paulo Posanski e a bolsista é a graduanda em Design de Moda Samara Lopes Sene. A iniciativa tem o objetivo de utilizar o conhecimento de moda para a promoção social por meio do ensino de técnicas manuais de moda para mulheres que estão em situação de vulnerabilidade social, intencionando o aprendizado e possibilitando a utilização dessas técnicas como fonte renda, se assim desejarem. Além disso, o favorecimento da qualidade de vida dessas mulheres, gerando um ambiente de acolhimento, de trocas de saberes e escuta e esperando como resultado possibilitar que essas mulheres aprendam formas manuais de moda para geração de renda e transformação social. Tecer Futuros tem como público alvo mulheres que se encontram em situação de vulnerabilidade social, residentes da cidade de Ibirama, SC e atendidas pelo Centro de Referência em Assistência Social (CRAS). Conta desta forma, com a parceria da Secretaria de Assistência Social e Habitação de Ibirama, SC na disponibilização, para o projeto, do espaço no CRAS onde são ministradas as oficinas e, de equipe multidisciplinar do local, com o apoio da psicóloga e assistente social entre outras profissionais. O ensino de “técnicas manuais de moda” envolve atividades que não requerem maquinário para a sua produção, as técnicas escolhidas para serem desenvolvidas nas oficinas do projeto são:  bordado manual, estamparia manual, tingimento natural, crochê com resíduos têxteis e macramê. Até o momento os objetos desenvolvidos de nas oficinas foram bordado manual em chaveiro, bordado manual em flâmula, bordado manual em embalagem, estampa manual em pano de prato, tapete de crochê com fio de malha e crochê com barbante. Até o fim do semestre pretende-se desenvolver também a técnica do macramê e do tingimento natural. O projeto tem como referencial teórico o conceito de educação ao longo da vida e está pautado na ideia de interdisciplinaridade, integrando moda, educação de adultos e Serviço Social, ele dialoga com a missão institucional por buscar contribuir para a formação cidadã e trabalhar para promover socialmente as mulheres participantes.

Downloads

Publicado

2022-09-19