NÚCLEOS DA DIVERSIDADE DO IFC / CAMPUS BRUSQUE

Autores

  • Gabriel Victor Ramos Ferreira
  • Gilian Evaristo França Silva

Palavras-chave:

Núcleos da Diversidade, Sociedade, Cultura

Resumo

No âmbito dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, localizados nas cinco regiões brasileiras, foram criados institucionalmente os chamados núcleos da diversidade: Núcleo de Estudos Afrobrasileiros e Indígenas – NEABI, Núcleo de Estudos de Gênero e Sexualidade – NEGES e o Núcleo de Acessibilidade às Pessoas com Necessidades Específicas – NAPNE. No Instituto Federal Catarinense – IFC / Campus Brusque esses núcleos estão formalmente constituídos, com coordenação própria e com integrantes provenientes de vários segmentos, como docentes, discentes, servidores do próprio campus, bem como membros da comunidade brusquense. Os campi do IFC contam com a composição desses núcleos, promovendo momentos de integração entre todos eles. Isso contribui para o entendimento da realidade de cada unidade de ensino que integra a rede. Neste sentido, para melhor andamento das atividades desenvolvidas por esses núcleos, foi lançado Edital Brusque 06/2022, para seleção de bolsista para apoio às ações desenvolvidas no IFC / Campus Brusque. Mensalmente são realizadas reuniões, com informes gerais e momento de formação sobre as temáticas pertinentes a cada núcleo, sobretudo sobre a diversidade social e cultural brasileiras. Além desse momento mensal de estudos e reflexões, outras ações são realizadas, como rodas de conversa com a comunidade, debatendo temas como racismo, homofobia e a questão indígena. Os Núcleos da Diversidade estão ligados à Coordenação Geral de Ensino – CGE do IFC / Campus Brusque, atuando ainda nas questões pertinentes ao acesso, permanência e êxito dos discentes nos cursos oferecidos pela unidade de ensino. Almeja-se fortalecer as ações desses núcleos junto à comunidade brusquense, com a realização de debates públicos, mostras de filmes e documentários, cursos de extensão acadêmica, com momentos de reflexão, formação e debate sobre temas socioculturais, que contribuam para mitigar ações discriminatórias, de variadas naturezas, levando à valorização das diferenças e à inclusão dos variados grupos sociais que compõem a sociedade brusquense.

Publicado

2023-11-10