O uso da Didática Profissional na formação de professores de Matemática: o caso da competência diante do ensino remoto

Autores

  • Maria Graciene Moreira dos Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
  • Francisco Régis Vieira Alves Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará.
  • Georgyana Gomes Cidrão Professora de Matemática da rede estadual - Ceará

DOI:

https://doi.org/10.21166/ctp.v2i2.2080

Palavras-chave:

Análise do trabalho, Ensino da Matemática, Educação a distância

Resumo

A Didática Profissional surgiu na década de 90, emergido após um cenário de mudanças no quadro trabalhista pautado no taylorismo, tendo como uma das principais características em compreender o processo de desenvolvimento profissional in loco. Com isso, este trabalho, analisa a partir da Didática Profissional a atuação dos professores de matemática em formação continuada diante do cenário atual de ensino remoto, identificando as competências profissionais desenvolvidas diante do ensino on-line. Contudo, Pastré, Mayen e Vergnaud (2006), Pastré (2011), Alves (2019; 2020) são alguns autores que tomam destaque diante desta pesquisa, sendo especialistas na escrita científica sobre a Didática Profissional. O processo metodológico tem fundamentos qualitativos, inicialmente foi realizada uma revisão bibliográfica a respeito dos fundamentos da Didática Profissional, e em seguida a aplicação de um questionário por meio eletrônico no Google forms com determinado grupo de professores da pós-graduação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do estado do Ceará, campus Juazeiro do Norte. Durante a análise dos dados, os professores demonstraram algumas habilidades adquiridas durante o ensino remoto, e uma aproximação com as tecnologias digitais. Por fim, os estudos francófonos acerca da educação e ensino, demonstram uma satisfação frente à formação docente.

 

Biografia do Autor

Maria Graciene Moreira dos Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Maria Graciene Moreira dos Santos. Licenciada em matemática, Universidade Regional do
Cariri (URCA). Pós-graduanda em Ensino da Matemática com Ênfase na Formação de
professores da Educação Básica, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do
Ceará (IFCE). E-mail: Gracienemoreira546@gmail.com

Francisco Régis Vieira Alves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará.

Francisco Régis Vieira Alves. Doutor de Educação Matemática, Universidade Federal do
Ceará (UFC). Bolsista de Produtividade em Pesquisa do Conselho Nacional de
Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq - PQ2. Professor titular do Instituto
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE, departamento de Matemática.
Docente permanente do Mestrado Acadêmico em Ensino de Ciências e Matemática –
PPGECM/IFCE. Docente permanente do Mestrado Profissional em Educação Profissional
Tecnológica – PROFEPT/IFCE. Coordenador do polo acadêmico doutorado RENOEN -
IFCE E-mail: fregis@gmx.fr

Georgyana Gomes Cidrão, Professora de Matemática da rede estadual - Ceará

Georgyana Gomes Cidrão. Licenciada em matemática, Instituto Federal de Educação,
Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Mestre em Ensino de Ciências e Matemática, Instituto
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). E-mail:
georgyanacidrao28@gmail.com

Referências

ALVES, F. R. V. Didactique Professionnelle (DP) et la Théorie des Situations Didactiques (TSD): le cas de la notion d'obstacle et l´activité de professeur. EM TEIA: Revista de educação matemática e tecnológica ibero-americana. v. 9, n. 2, p. 1 – 25, 2018a.

ALVES, F. R. V. Didactique professionelle (DP) et la théorie des situations didactiques (TSD): le cas de la notion d’obstacle et l’activité de professeur. Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamericana, v. 9, n. 3, p. 1-26, 2018b.

ALVES, F. R. V. A vertente francesa de estudos da didática profissional: implicações para a atividade do professor de matemática. Vidya, v. 39, n. 1, p. 255-275, 2019.

Alves, F. R. V. (2019a). Didactique professionnelle (DP) et la théorie des situations didactiques (TSD): une perspective de complémentarité au Brésil. Diálogo Educacional, v. 19(60), 328-361.

Alves, F. R. V. (2019b). A vertente francesa de estudos da didática profissional: Implicações para a atividade do professor de matemática. Vydia, v. 39(1), 255-275.

ALVES, F. R. V.; JUCÁ, S. C. S. Trabalho e competência do professor de matemática: um ponto de vista a partir da didática profissional. Revista Multidisciplinar em Educação, v. 6, n. 14, p. 103-123, 2019.

ALVES, F. R. V.; CATARINO, P. M. M. C. Situação Didática Profissional: um exemplo de aplicação da Didática Profissional para a pesquisa objetivando a atividade do professor de Matemática no Brasil. Indagatio Didactica. v. 11, n. 1, pp. 103-129, 2019.

ALVES, F. R. V.; CIDRÃO, G.G. Contributos da Didática Profissional na Formação de Professores: Um Estudo sobre conjuntos Numéricos. Revista da Sociedade Brasileira de educação Matemática, v. 16, n. 23, p. 426-448, 2019.

ALVES, F. R. V. A Didática Profissional (DP): implicações para a formação do professor e o ensino de disciplinas específicas no Brasil. Revista Iberoamericana de Estudos em Educação, v. 15, n. 4, p. 1902 – 1918, 2020.

DE KEYSER, V.; NYSSEN, A.-S. Les erreurs humaines en anesthésie. Le Travail humain, Paris, v. 56, n. 2-3, p. 243-266, 1993.

DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. Introdução: a disciplina e a prática da pesquisa qualitativa. In: DENZIN, N. K. e LINCOLN, Y. S. (Orgs.). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006. p. 15-41

FIGUEIREDO, M. C. M.; COWEN, R. Modelos de cursos de formação de professores e mudanças em políticas: um estudo sobre o Brasil, In: SCHWARTZMAN, S.; BROOCK, C. (orgs.). Os desafios da educação no Brasil. São Paulo: Editora Nova Fronteira, 2005, p.175-190.

GRUBER C.; ALLAIN O.; WOLLINGER P. Didática Profissional: Princípios e referências para a Educação profissional. Florianópolis: publicações do IFSC, 2019.

LEPLAT, J. Regards sur l’activité en situation de travail. Contribution à la psychologie ergonomique, Paris, Presses universitaires de France, 1997.

LEPLAT, J. Aspectos da complexidade em ergonomia. In DANIELLOU, F. A Ergonomia em busca de seus princípios. São Paulo: Blucher, 2004.

PASTRÉ, P. L’ analyse du travail em Didactique Professionelle. Revue Française de Pédagogie, v. 3, n. 139, p. 9-17, 2002.

PASTRÉ, P.; WEILL-FASSINA, A. As competências profissionais e seu desenvolvimento. In: FALZON, P. (Ed.). Ergonomia. São Paulo: Blucher, 2007. cap. 13.

PASTRÉ, P. La Didactique Professionelle. Education, Sciences & Society, v. 2, n. 1, pp. 83 – 95, 2011.

PASTRÉ, P.; MAYEN, P.; VERGNAUD, G. La didactique professionnelle. Revue française de pédagogie, n.154, p. 145-198, 2006.

ROGALSKI, J., MARQUIÉ, J.-C. Evolução de habilidades e desempenho. Em J.-M. Hoc, & F. Darses (Eds.), Ergonomic psychology : current trends , pp. 141-173. Paris: PUF, 2004.

SANTOS, V. D.; CANDELORO, R. J. Trabalhos Acadêmicos: Uma orientação para a pesquisa e normas técnicas. Porto Alegre/RS: AGE Ltda, p. 149, 2006.

VERGNAUD, G. La théorie des champs conceptuels. Recherches en Didactique des Mathématiques, Grenoble, v. 10, n. 23, p. 133-170, 1990.

VERGNAUD, G. Les compétences en milieu professionnel. Journée d'étude Formation de Formateurs. Paris, p. 1 – 6, 2007.

Downloads

Publicado

2021-06-24

Edição

Seção

Artigos Científicos