Sentimentos na docência em matemática: aspectos (in)dependentes do professor

Autores

  • Luana Maria Santos da Silva Ayres Universidade Federal do Rio Grande
  • Fabrine Diniz Pereira Universidade Federal do Rio Grande
  • Tanise Paula Novello Universidade Federal do Rio Grande

DOI:

https://doi.org/10.21166/ctp.v2i2.2047

Palavras-chave:

Professores de Matemática, Sentimentos, Variáveis

Resumo

A docência é uma profissão na qual se caracteriza intensa troca de experiências, vivências e aprendizados e nesse contexto, surge a motivação para entender os sentimentos e emoções que regem o “Ser docente”. Desta forma, o presente estudo tem como objetivo analisar os sentimentos dos professores de Matemática, no decorrer da carreira docente. Para a produção de registros utilizou-se um questionário online, composto de três etapas e respondido por 94 professores de Matemática da educação básica de escolas públicas. Na primeira etapa do questionário utilizou-se como metodologia de análise a Estatística Descritiva para construir o perfil desses professores; na segunda etapa utilizou-se a Análise de Componentes Principais (ACP), em que surgiram duas categorias: aspectos dependentes e aspectos independentes da vontade do professor. A terceira etapa foi analisada através do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), porém essa última etapa será efetuada em publicações posteriores. A pesquisa inferiu que os professores participantes estão satisfeitos com sua escolha pela docência, porém observou-se também que eles estão insatisfeitos em relação a valorização salarial e social, pois eles acreditam que ela não é condizente com o trabalho que realizam.

 

Referências

ALMEIDA, D.; SANTOS, M. A. R.; COSTA, A. F. B. Aplicação do coeficiente alfa de Cronbach nos resultados de um questionário para avaliação de desempenho da saúde pública. In: XXX Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2010, São Carlos. São Carlos: APEBRO, 2010. p. 1 - 12. Disponível em: <http://abepro.org.br/biblioteca/enegep2010_TN_STO_131_840_16412.pdf>. Acesso em: 21 nocv. 2017.

ALVES, F.C. A (in)satisfação dos professores. In: Estrela MT, organizador. Viver e construir a profissão docente. Porto: Porto Editora; 1997. p. 81-116.

ARTES, R. Aspectos estatísticos da análise fatorial de escalas de avaliação. Revista de Psiquiatria Clínica, São Paulo, v. 25, n. 5, p. 223-228, 1998.

BAKKE, H. A.; LEITE, A. S. M.; SILVA, L. B. Estatística multivariada: aplicação da análise fatorial na engenharia de produção. Revista Gestão Industrial, Paraná, v. 4, n. 4, p.1-14, 2008. Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). http://dx.doi.org/10.3895/s1808-04482008000400001. Disponível em: <https://periodicos.utfpr.edu.br/revistagi/article/download/188/182>. Acesso em: 15 maio 2018.

CORREA, S. M. B. B. Probabilidade e Estatística. 2. ed. Belo Horizonte: PUC Minas Virtual, 2003. 116 p. Disponível em: <http://estpoli.pbworks.com/f/livro_probabilidade_estatistica_2a_ed.pdf>. Acesso em: 19 nov. 2017.

DAMÁSIO, B. F. Uso da análise fatorial exploratória em psicologia. Avaliação Psicológica, Itatiba, v. 11, n. 2, p.213-228, 2012a. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/pdf/avp/v11n2/v11n2a07.pdf>. Acesso em: 30 nov. 2017.

DAMÁSIO, A. R. A estranha ordem das coisas: as origens biológicas dos sentimentos e da cultura. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2018. 338 p.

DAMÁSIO, A. R. Em busca de Espinosa: prazer e dor na ciência dos sentimentos. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

DAMÁSIO, A. R. O erro de Descartes: emoção, razão e o cérebro humano. 3. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2012b. 259 p.

FRESCHI, E. M.; FRESCHI, M. Relações interpessoais: a construção do espaço artesanal no ambiente escolar. Revista de Educação do Ideau, v. 8, n. 18, jul-dez. 2013. Semestral. Disponível em: <http://www.ideau.com.br/getulio/restrito/upload/revistasartigos/20_1.pdf>. Acesso em: 28 abr. 2017.

IDOETA, P. A. Como valorizar a carreira de professor no Brasil? BBC Brasil. São Paulo. 15 out. 2013. Disponível em: <http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2013/10/131015_valorizacao_professores_pai>. Acesso em: 03 jul. 2017.

JESUS, S, N. Professor sem stress: realização profissional e bem-estar. 1. ed. Porto Alegre: Mediação, 2007.

MOSQUERA, J. J. M.; STOBÄUS, C. D. Afetividade: a manifestação de sentimentos na educação. Educação, Porto Alegre, v. 1, n. 54, p.123-133, jan./abr. 2006. Ano XXIX. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/438/334>. Acesso em: 20 maio 2019.

PAULA, A. C. R. R.; NAVES, M. L. P. O estresse e o bem-estar docente. B. Téc. Senac: A R. Educ. Prof., Rio de Janeiro, v. 36, n. 1, p.61-71, jan./abr. 2010. Disponível em: <http://www.bts.senac.br/index.php/bts/article/download/228/211>. Acesso em: 10 maio 2019.

PIRES, C. M. C.; BERANGER, M. O fenômeno do mal-estar docente: o caso do “professor de matemática”. REVEMAT - Revista Eletrônica de Educação Matemática, Florianópolis, v. 4, n. 3, p.78-89, jan. 2009. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/revemat/article/download/1981-1322.2009v4n1p78/12162>. Acesso em: 15 out. 2016.

SILVA, D. N. A desmotivação do professor em sala de aula, nas escolas públicas do município de São José dos Campos – SP. 52 f. Monografia (Especialização) - Curso de Gestão Pública Municipal, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2012. Disponível em: <http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/1822/1/CT_GPM_II_2012_87.pdf>. Acesso em: 23 jun. 2017.

VARELLA, C. A. A. Análise de Componentes Principais. Seropédica: UFRRJ, 2008. 12 p. Disponível em: <http://www.ufrrj.br/institutos/it/deng/varella/Downloads/multivariada aplicada as ciências agrarias/Aulas/analise de componentes principais.pdf>. Acesso em: 25 nov. 2017.

VIEIRA, J. S.; GARCIA, M. M. A.; MARTINS, M. F. D.; ESLABÃO, L.; SILVA, A. F.; BALINHAS, V. G.; FETTER, C. L. R.; GONÇALVES, V. B. Constituição das doenças da docência. Cadernos da Educação, Pelotas, p.303-324, set./dez. 2010. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/caduc/article/viewFile/1589/1475. Acesso em: 30 nov. 2017

Downloads

Publicado

2021-06-24

Edição

Seção

Artigos Científicos