As redes sociais em projetos de Extensão de educação em solos:

ênfase no projeto “Ampliando os horizontes: o solo, a vida e a arte” da Universidade Federal de Juiz de Fora

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21166/rext.v8i16.2141

Palavras-chave:

Extensão Universitária, Popularização da Ciência, Pedologia

Resumo

O projeto “Ampliando os Horizontes: o solo, a vida e a arte” busca democratizar o conhecimento científico do solo por meio de divulgação de temas relacionados à Geografia, Biologia, Química e Artes. Este trabalho avaliou a performance da página do projeto no Instagram. Para tanto, traçou-se um panorama dos Projetos de Extensão em Solos nas redes sociais (Instagram, Facebook, Site/Blog e/ou YouTube), catalogados no livro “Iniciativas de Educação em Solos no Brasil”. Mediante o uso de métricas do Instagram como curtidas; interação do público com enquetes dos stories; perfil dos seguidores; e por fim, as impressões por conteúdos postados, foi traçado um panorama do perfil do projeto “Ampliando os Horizontes” em um período de 10 meses. Os resultados mostraram que 65% dos projetos brasileiros possuem algum tipo de rede social, sendo o Instagram a principal. O perfil do projeto possui a maioria de seus seguidores residentes em Juiz de Fora e possuem idade entre 25 a 34 anos. Os temas que mais geraram curtidas foram relacionados à Geografia e a Assuntos Diversos. As enquetes sobre Química e Biologia dos solos foram as de maior interação com o público. Por fim, os temas de maior interação foram Assuntos Diversos e Apresentações. Confirmou-se a importância das redes sociais para projetos extensionistas de educação em solos, incluindo o “Ampliando os Horizontes”, que apontou significativa interação com o público do Instagram, aumentando a popularização deste tema tão caro às questões ambientais, compartilhando conhecimento e demonstrando a importância do solo para a conservação da biodiversidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ALVES, A. L.; MOTA, M. F.; TAVARES, T. P. O Instagram no processo de engajamento das práticas educacionais: a dinâmica para a socialização do ensino-aprendizagem. Revista Rios Eletrônica, São Francisco, n.19, 2018. p.25-43. Disponível: https://www.unirios.edu.br/revistarios/media/revistas/2018/19/o_instagram_no_processo_de_engajamento_das_praticas_educacionais.pdf. Acesso em: 12 de maio de 2021.

CARDOSO, M. C.; FERREIRA, C. P.; SILVA, C. M.; MEDEIROS, G. M.; PACHECO, G.; VARGAS, R. M.; Utilização das redes sociais em projeto de extensão universitária em saúde durante a pandemia de covid-19. Expressa Extensão, v.26, n.1, p.551-558, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/expressaextensao/article/view/19640. Acesso em: 11 de maio de 2021. DOI: https://doi.org/10.15210/ee.v26i1.19640

CARPES, M.; BILLIG, P.; LIMA, K. R.; MARTINI, V. A.; RIBEIRO, P. L. E.; ANJOS, E. C.; SOSA, P. M. Experiências vivenciadas na manutenção do programa de extensão Popneuro durante o período de distanciamento social imposto pela pandemia da Covid-19. Expressa Extensão, v.26, p.350-361, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/expressaextensao/article/view/19597/0. Acesso em: 11 de maio de 2021. DOI: https://doi.org/10.15210/ee.v26i1.19597

HAGE, Z. C. M.; KUBLIKOWSKI, Ida. Estilos de uso e significados dos autorretratos no Instagram: Identidades narrativas de adultos jovens brasileiros. Estudos e Pesquisas em Psicologia, v.19, n.2, p.522-539, 2019. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-42812019000200011. Acesso em: 12 de maio de 2021. DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2019.44285

JUNIOR, J. A.; BENVENUTO, C. M. O reinvento da linguagem científica na era digital hipermidiática. Revista Amazônia: Science & Health, v.5, p.1-2, 2017. Disponível em: http://ojs.unirg.edu.br/index.php/2/article/view/1933. Acesso em: 13 de maio de 2021.

LIMA, M. R.; VEZZANI, F. M.; SILVA, V.; MUGGLER, C. C. Iniciativas de educação em solos no Brasil. 1. ed. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2020. 83p.

MARQUES, G. E. C.; A Extensão Universitária no Cenário Atual da Pandemia do COVID-19. Revista Práticas em Extensão -v.4, n.1, p.42-43, 2020. Disponível em: file:///C:/Users/liana/Downloads/ericmateus-extenso-universitria-uma-luz-na-escurido-da-pandemia-de-covid-19.pdf. Acesso em: 11 de maio de 2021.

NUNES, A. L. P. F.; SILVA, M. B. C. A extensão universitária no ensino superior e a sociedade. Mal-Estar e Sociedade, v. Ano IV, p.119-133, 2012. Disponível em: https://revista.uemg.br/index.php/gtic-malestar/article/view/60. Acesso em: 14 de maio de 2021.

NUNES, R. K. S.; MACIEL, G. A. S.; ALMEIDA, E. B.; GUEDES, M. R.; HENN, R. Desafios e adaptações da extensão universitária em tempos de pandemia: relato de experiência. Revista Ciência Plural, v.7, p.211-223, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rcp/article/view/23003. Acesso em: 9 de abril de 2021. DOI: https://doi.org/10.21680/2446-7286.2021v7n1ID23003

PEREIRA, J. A.; SILVA JÚNIOR, J. F.; SILVA, E. V. Instagram como ferramenta de aprendizagem no ensino de química. Revista Debates em Ensino de Química, [S/i], v.5, n.1, p.119-131, jan. 2019. Disponível em: http://www.journals.ufrpe.br/index.php/REDEQUIM/article/view/2099. Acesso em: 13 de maio de 2021.

PIZA, M. V. O fenômeno Instagram: considerações sob perspectiva tecnológica. 2012. 48f. Monografia (Graduação) – Departamento de Sociologia, Instituto de Ciências Sociais, Universidade de Brasília, Brasília/DF, 2017. Disponível em: https://bdm.unb.br/bitstream/10483/3243/1/2012_MarianaVassalloPiza.pdf. Acesso em: 12 de maio de 2021.

ROCHA, C. R.; MOREIRA, A. P. A.; SILVA, L. R., SANTOS, I. M. M., BARBOSA, M. N., BITTENCOURT, G., FEITOSA, I. B. A utilização das redes sociais como estratégia para continuidade da extensão universitária em tempos de pandemia. Raízes e Rumos, v.8, n.1, p.261-269, 2020. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/raizeserumos/article/view/10288. Acesso em: 11 de maio de 2021.

SERRANO, R. M. S. M.; Conceitos de extensão universitária: um diálogo com Paulo Freire. Pró-reitoria de extensão e assuntos comunitários-PRAC. João Pessoa, 2006. Disponível em: https://www.ets.ufpb.br/pdf/2013/1%20Universidade%20e%20Sociedade/US%2013_Texto%201%20Serrano_Conceitos%20de%20extensao%20universitaria.pdf. Acesso em: 11 de maio de 2021.

SILVA, A. R. S.; FRANÇA, V. C.; FREITAS, J. C. T.; QUINTELA, A. C. S. M. O uso do Instagram como estratégia educacional num contexto de pandemia: um relato de experiência. Revista EaD em Foco, v.310, n.3, e1309, p.1-16, 2020. Disponível em: https://eademfoco.cecierj.edu.br/index.php/Revista/article/view/1309. Acesso em: 11 de maio de 2021.

SOUZA, W. M.; MACEDO, E. C. Extensão em tempos de pandemia: as redes sociais como veiculadoras de educação em saúde. Raízes e Rumos, v.8, n.2, p.336-347, 2020. Disponível em: http://seer.unirio.br/raizeserumos/article/view/10223. Acesso em: 11 de maio de 2021.

Downloads

Publicado

13-12-2021

Como Citar

CARVALHO, L. B. de O. .; SANTOS, M. dos; SANTOS , A. L. C. dos; OLIVEIRA, G. U. V. de; COUTO, G. S. P.; SANTOS, G. B. dos. As redes sociais em projetos de Extensão de educação em solos:: ênfase no projeto “Ampliando os horizontes: o solo, a vida e a arte” da Universidade Federal de Juiz de Fora. Extensão Tecnológica: Revista de Extensão do Instituto Federal Catarinense, Blumenau, v. 8, n. 16, p. 168–181, 2021. DOI: 10.21166/rext.v8i16.2141. Disponível em: https://publicacoes.ifc.edu.br/index.php/RevExt/article/view/2141. Acesso em: 4 fev. 2023.