A utilização do laboratório de desenvolvimento, demonstração e experimentação de física (LabDDEF) como instrumento de divulgação científica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21166/rext.v7i14.1211

Palavras-chave:

Educação não formal, Baixo custo, Lúdico

Resumo

Este projeto foi realizado com o intuito de aproximar estudantes, e público em geral, dos conteúdos de física, por meio de um laboratório itinerante com característica de museu. Este laboratório apresenta um conjunto de experimentos construídos com materiais reciclados, reutilizados e de baixo custo. As apresentações dos fenômenos físicos foram guiadas, com foco na interação direta e lúdica. Além de atender escolas, o projeto também participou de alguns eventos, sendo que ao final dele, contabilizou-se um total de 427 pessoas atendidas, sendo a maioria estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ANDRADE, Ana Maria Ribeiro de; CARDOSO, José Leandro Rocha. Aconteceu, virou manchete. Rev. Bras. Hist., São Paulo, v. 21, n. 41, p. 243-264, 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882001000200013. Acesso em: 22 jul. 2020.

BASSOLI, Fernanda. Atividades práticas e o ensino-aprendizagem de ciência(s): mitos, tendências e distorções. Ciênc. educ. (Bauru), Bauru, v. 20, n. 3, p. 579-593, set. 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-73132014000300579&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: Acesso em: 22 jul. 2020.

CASCAIS, Maria da Graça; TERÁN, Augusto Fachín. Educação formal, informal e não formal na educação em ciências. Ciência em Tela, Rio de Janeiro, v. 7, n. 2, p. 1-10, dez. 2014. Disponível em: http://www.cienciaemtela.nutes.ufrj.br/artigos/0702enf.pdf. Acesso em: 22 jul. 2020.

CLARO, Luis Carlos. As atividades experimentais de física na escola de ensino integral: uma análise crítica. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Ciências Humanas, Universidade Metodista de Piracicaba. Disponível em: http://iepapp.unimep.br/biblioteca_digital/pdfs/docs/15122017_142924_luiscarlosclaro_ok.pdf. Acesso em: 22 jul. 2020.

DEWES, Janecí Leoni. Contribuições do LABIDEX para a formação e atuação profissional de ex-bolsistas do projeto. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Física) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/159679/TCC%20Jane%20FINAL.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 22 jul. 2020.

LABURÚ, Carlos Eduardo; CARVALHO, Marcelo de. Educação Científica: Controvérsias Construtivistas e Pluralismo Metodológico. Londrina: EDUEL, 2005.

MILLAR, Robin. The role of practical work in the teaching and learning of science. High School Science Laboratories: Role and Vision. Washington DC: National Academy of Sciences, v. 308, 2004, p. 1-24.

PORTO, Cristiane; BROTAS, Antonio; BORTOLIERO, Simone. Diálogos entre ciência e divulgação científica: leituras contemporâneas [online]. Salvador: EDUFBA, 2011, 242 p. Disponível em: SciELO Books.

RICARDO, Elio Carlos. Problematização e contextualização no ensino de física. Ensino de Física (Coleção Ideias em Ação). São Paulo: Cengage Learning, 2010, p. 29-51.

VIEIRA, Valéria; BIANCONI, Maria Lúcia; DIAS, Monique. Espaços não-formais de ensino e o currículo de ciências. Cienc. Cult., São Paulo, v. 57, n. 4, p.21-23. out-dez. 2005. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252005000400014. Acesso em: 21 abr. 2018.

VIRGÍLIO, Paulo. Estudo revela que Brasil tem mais de 3 mil museus. In: Revista Exame. São Paulo, 13 jul. 2011. Disponível em: https://exame.abril.com.br/brasil/estudo-revela-que-brasil-tem-mais-de-3-mil-museus/. Acesso em: 20 abr. 2018.

Downloads

Publicado

21-12-2020

Como Citar

LAPOLLI, E. A utilização do laboratório de desenvolvimento, demonstração e experimentação de física (LabDDEF) como instrumento de divulgação científica. Extensão Tecnológica: Revista de Extensão do Instituto Federal Catarinense, Blumenau, v. 7, n. 14, p. 96–107, 2020. DOI: 10.21166/rext.v7i14.1211. Disponível em: https://publicacoes.ifc.edu.br/index.php/RevExt/article/view/1211. Acesso em: 31 jul. 2021.

Edição

Seção

Relatos de Experiência