Controle de Condicionadores de Ar via Arduino

Autores

  • Ana Clara Puff
  • Dhayra Batista Pellense
  • Igor Avancini
  • Karla Emanuelly Kienen Joaquim
  • Sophia Santos da Costa
  • Damian Larsen Bogo

Resumo

Aparelhos condicionadores de ar são um dos métodos mais usados para que se tenha conforto térmico e condições favoráveis de trabalho, estudo, lazer e descanso. Comumente encontramos esse tipo de aparelho em diversos locais, como hospitais, restaurantes, escritórios e comércios em geral. Quando falamos do uso em escolas, visto a grande quantidade de salas de aula, sua utilização é diária e constante, como no Instituto Federal Catarinense (IFC) - Campus Blumenau. A alta demanda de uso leva ao aumento significativo do consumo de energia (custo). Considerando o exposto, pensou-se na implementação de um sistema supervisório para controle dos aparelhos de ar-condicionado, cujo objetivo é o uso racional e eficiente desses. Todas as salas do IFC - Campus Blumenau contam com aparelhos condicionadores de ar. Sendo que cada aparelho possui um controle remoto para configuração por parte dos usuários (a maioria das salas possuem dois aparelhos, logo, dois controles). Tanto no final do ano passado (2021) quanto no início deste ano (2022), foram relatadas dificuldades em respeito aos controles, seja pela falta desses ou pelo seu mau-funcionamento. Outra situação comum é o ajuste inadequado dos aparelhos (temperatura, modo de funcionamento, etc), além de que em diversas vezes esses aparelhos ficam ligados durante longos períodos sem estudantes em sala. Pensando nisso, este projeto visa produzir um controle fixo dos aparelhos condicionadores utilizando o arduino mega 2560 R3, cuja programação consistirá em: ligar o aparelho em modo e temperatura adequados, desligar o aparelho, além do uso de um sensor para verificar se o aparelho está funcionando corretamente. Junto ao arduino mega, serão utilizados um sensor de corrente, um sensor de temperatura e um diodo emissor de luz infravermelha. É esperado a obtenção de um controle funcional, que realize notoriamente as funções estabelecidas acima, facilitando a utilização do aparelho pelos discentes e docentes, oferecendo conforto térmico e identificando possíveis falhas no seu funcionamento. Com o recente corte orçamentário dos Institutos e Universidade Federais, o presente projeto conta obstáculos nos futuros testes realizados em sala com os condicionadores de ar, visto que uma das medidas para amenizar o impacto sofrido pela redução de verba é a não utilização dos aparelhos.

Downloads

Publicado

2022-11-25

Edição

Seção

Linguagens, Códigos e suas tecnologias