A Produção Tecnológica do Instituto Federal Catarinense: Um levantamento dos resultados de 2011 a 2019

Autores

  • Rafael Paes de Barros Instituto Federal Catarinense

DOI:

https://doi.org/10.21166/cpitt.v3i1.2376

Palavras-chave:

Núcleo de Inovação Tecnológica, Propriedade Intelectual, Transferência de Tecnologia, Instituto Federal Catarinense

Resumo

O presente artigo apresenta a produção tecnológica do Instituto Federal Catarinense (IFC) no período de 2011 a 2019. É apresentado um levantamento de títulos de Propriedade Intelectual e processos de transferência de tecnologia do IFC. O movimento de incentivar-se a produção tecnológica nas Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) públicas iniciou-se em 2004 por meio da lei de inovação nº 10.973/04 com a criação dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NIT), que trata-se do setor responsável pela gestão da inovação no âmbito de cada ICT pública, com o papel de proteger as tecnologias desenvolvidas na ICT por meio da gestão da Propriedade Intelectual, incentivando o processo de transferência de tecnologia para a sociedade. Esta legislação sofreu uma atualização por meio do Novo Marco Legal da Ciência Tecnologia e Inovação, Lei nº 13.243 de 2016, que ampliou as competências do NIT e simplificou a burocracia em se tratando das relações entre universidade e empresa, com intuito de facilitar o processo de desenvolvimento tecnológico em conjunto, e também a transferência de tecnologia. A pesquisa é realizada por meio de uma revisão documental nos bancos de dados do NIT do IFC em relação aos processos de produção tecnológica no período de 2011 a 2019, e por meio de revisão de literatura sobre essa temática em bases de dados gratuitas de artigos científicos. Por fim são apresentados os resultados do IFC que perfazem um total de 70 títulos de Propriedade Intelectual e 3 transferências de tecnologia no período analisado.

Biografia do Autor

Rafael Paes de Barros, Instituto Federal Catarinense

Mestre em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação, UFSC.

Coordenador do Núcleo de Inovação Tecnológica do IFC.

Referências

BRASIL. Lei Nº 10.973, de 02 de dezembro de 2004. Regula direitos de inventivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo. Brasília, DF. Disponível em: . Acesso em: 09 jun. 2021.

BRASIL. Lei Nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a rede federal de educação profissional, científica e tecnológica, cria os institutos federais de educação, ciência e tecnologia, e dá outras providências. Brasília, DF. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11892.htm>. Acesso em: 09 jun. 2021.

BRASIL. Lei Nº 13.243, de 11 de janeiro de 2016. Regula direitos de estímulos ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnologia e inovação. Brasília, DF. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2015-2018/2016/Lei/L13243.htm>. Acesso em: 09 jun. 2021.

BRASIL. Lei Nº 9.279, de 14 de maio de 1996. Regula os direitos e obrigações relativos à propriedade industrial. Brasília, DF. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9279.htm >. Acesso em: 09 jun. 2021.

BRASIL. Lei Nº 9.609, DE 19 de fevereiro de 1998. Dispõe sobre a proteção da propriedade intelectual de programa de computador, sua comercialização no país e dá outras providências. Brasília, DF. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9609.htm >. Acesso em: 09 jun. 2021.

BRASIL. Lei Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Altera e atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências. Brasília, DF. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9610.htm>. Acesso em: 09 jun. 2021.

EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Transferência de Tecnologia, 2021. Disponível em: https://www.embrapa.br/transferencia-de-tecnologia. Acesso em: 09 jun. 2021.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. PINTEC – Pesquisa de Inovação Tecnológica, 2011. Disponível em: <ftp://ftp.ibge.gov.br/Industrias_Extrativas_e_de_Transformacao/Pesquisa_de_Inovacao_Tecnologica/2011/pintec2011.pdf>. Acesso em: 09 jun. 2021.

IFC – Instituto Federal Catarinense. Resolução nº 009/2011. Conselho Superior do IFC, 28 jul. 2011, 2011. Disponível em: <http://ifc.edu.br/wp-content/uploads/2015/03/RESOLU%C3%87_O-009-2011-NIT.pdf>. Acesso em: 09 jun. 2021.

JUNGMANN, D. M.; BONETTI, E. A. A caminho da inovação: proteção e negócios com bens de propriedade intelectual: guia para o empresário. Brasília: IEL, 2010. Disponível em: <https://www.gov.br/inpi/pt-br/composicao/arquivos/guia_empresario_iel-senai-e-inpi.pdf>. Acesso em: 09 jun. 2021.

UFLA – Universidade Federal de Lavras. Núcleo de Inovação Tecnológica da UFLA, 2021. Dísponivel em: <http://www.nintec.ufla.br/>. Acesso em 09. jun. 2021.

Downloads

Publicado

2021-06-30

Edição

Seção

Artigos