Edição Atual

v. 3 n. 1 (2022): Boletim de Diagnóstico do Laboratório de Patologia Veterinária (2013 – 2020)
					Visualizar v. 3 n. 1 (2022): Boletim de Diagnóstico do Laboratório de Patologia Veterinária (2013 – 2020)

O terceiro volume, publicado em 2022, abrange os dados de diagnóstico de 2013 a 2020. Nessa publicação, apresentam-se as principais enfermidades diagnosticadas que acometem os animais de produção. Os objetivos da publicação deste boletim são: (i) auxiliar os veterinários de campo em seus trabalhos na propriedade rural, através da disponibilização da casuística dos diagnósticos nos animais de produção; (ii) instigar os acadêmicos do curso de Medicina Veterinária para a realidade da necropsia à campo e da importância desse serviço de extensão que isso significa; e (iii) colaborar com o controle e a prevenção das enfermidades da região através da difusão da sua ocorrência e da descrição detalhada daquelas que consideramos mais importantes.

Os resultados descritos aqui são oriundos não apenas de animais enviados ao laboratório, mas, principalmente, de animais atendidos nas propriedades rurais, atuando diretamente com produtores e veterinários. Nessa etapa, a participação dos alunos do curso de Medicina Veterinária do IFC é sempre presente, o que possibilita a eles uma vivência aprofundada da problemática que será encontrada na sua prática profissional.

Ao final do oitavo ano da rotina de diagnóstico do LPV através do programa de extensão, contabilizam-se 2.291 casos atendidos (necropsias e histopatológicos) em animais de produção. Desse total, destacam-se: o número de bovinos atendidos, 1.623 animais (média anual de 203 animais); suínos, com um total de 472 animais; e posteriormente ovinos, com 196 animais no octênio.

Considerando apenas as necropsias de bovinos (predominantemente de aptidão leiteira), nos oito anos de atuação do LPV, foram necropsiados 1.295 animais, alcançando média de 161,9 necropsias de bovinos por ano. Do total de diagnósticos em bovinos (1.623), as necropsias representaram 79,8% dos diagnósticos.

Publicado: 2022-01-18

Edição completa

Editorial

Artigos

Atlas da fotos

Ver Todas as Edições