PESQUISA DE GENES DE RESISTÊNCIA AOS MACROLÍDEOS EM CEPAS PASTEURELLA MULTOCIDA ISOLADAS DE SUÍNOS: AVALIAÇÃO DO PROTOCOLO DE EXTRAÇÃO DE ÁCIDOS NUCLEICOS

  • Larissa Rafaela Izolan
  • Marcella Zampoli Troncarelli
  • Eliete Griebeler
  • Diogenes Dezen
Palavras-chave: PCR; P. multocida; extração de DNA.

Resumo

Em estudo prévio realizados pelo nosso grupo, observou-se elevado índice de resistência à Eritromicina de cepas de Pasteurella multocida. A resistência a Eritromicina está associada aos genes erm(42), msr(E) e mph(E), os quais podem ser detectados através da PCR. Entretanto, uma etapa que determina o sucesso ou a falha na realização da PCR, é extração de ácidos nucleicos. Neste sentido, este trabalho avaliou um protocolo de extração de DNA para P. multocida. Para isso, o DNA de 90 cepas foi extraído pelo método clorofórmio/álcool-isoamílico. O produto resultante foi avaliado por métodos quantitativos e qualitativos e apresentou resultados satisfatórios.

Publicado
2020-01-08