Covid-19 e suas Redes de Conectividades no Território Maranhense Compreendendo sua espacialização

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Igor de Sousa
Ronaldo Sodré
Jéssica Mendes
Gabriel da Costa
Camila Oliveira
Raquel Pereira
Thiago Ronyerisson Silva Costa
José Sampaio
Hermeneilce Wasti
Francisco Borges

Resumo

Este artigo é fruto de uma discussão que se inicia partir da declaração da Organização Mundial da Saúde (OMS, 2020) sobre a pandemia da Covid-19, doença causada pela nova severe acute respiratory syndrome coronavirus 2 (SARS-CoV-2). Dessa forma, a partir do dia 11 de março, o grupo de estudos começou a acompanhar as notícias sobre os casos no Brasil e nas Regiões Nordeste e Norte, mais especificamente no estado do Maranhão, por meio das informações contidas nos boletins, notas técnicas e decretos governamentais disponibilizados pela Secretaria de Estado da Saúde. Assim, iniciou-se o monitoramento para a compreensão da espacialização da doença. Para tal acompanhamento, promoveram-se discussões sobre o Meio Técnico Científico Informacional, Fluxos e Redes de Conexão entre a capital e os demais municípios localizados na Ilha, bem como com os municípios do continente. Posteriormente, foram utilizados softwares do Sistema de Informações Geográficas (SIG) para confecção de mapas temáticos diários sobre casos confirmados e óbitos, levando em consideração o período de 05/04/2020 a 15/06/2020 e, em conjunto com os referenciais bibliográficos, nos proporcionaram reflexões relevantes para o entendimento da difusão e espacialização dos casos nos municípios maranhenses. Verificou-se que o fluxo rodoviário foi o principal meio da difusão da Covid-19 com 1499 óbitos e 60592 casos confirmados, alcançando 655 e 98% respectivamente dos municípios maranhenses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Breno Barbosa de Sousa, I., Barros Sodré, R., Neves Mendes, J., Costa da Costa, G. ., Jacinto Oliveira , C., Pereira Santana , R., Ronyerisson Silva Costa , T. ., de Sampaio Junior, J., Wasti Aires Pereira Cunha , H., & Borges Costa , F. (2020). Covid-19 e suas Redes de Conectividades no Território Maranhense: Compreendendo sua espacialização. Metodologias E Aprendizado , 3, 138 - 149. https://doi.org/10.21166/metapre.v3i0.1337
Seção
Mapas e desenhos industriais
Biografia do Autor

Igor de Sousa, Universidade Estadual do Maranhão

Mestrando em Desenvolvimento Socioespacial e Regional pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA.

Ronaldo Sodré, Universidade Federal do Pará e Universidade Federal do Maranhão

Doutorando em Geografia pela Universidade Federal do Pará – UFPA. Professor substituto do Departamento de Geociências da Universidade Federal do Maranhão – UFMA.

Jéssica Mendes, Universidade Estadual do Maranhão

Mestranda em Desenvolvimento Socioespacial e Regional pela Universidade Estadual do Maranhão - UEMA

Gabriel da Costa, Universidade Estadual do Maranhão

Graduando em Geografia Bacharelado pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA

Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica

Camila Oliveira, Universidade Estadual do Maranhão

Mestranda em Desenvolvimento Socioespacial e Regional pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA

Raquel Pereira , Universidade Estadual do Maranhão

Mestranda em Geografia, Natureza e Dinâmica do Espaço pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA

Thiago Ronyerisson Silva Costa , Universidade Estadual do Maranhão

Graduando em Geografia Bacharelado pela Universidade Estadual do Maranhão - UEMA. Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica – PIBIC/UEMA.

José Sampaio, Universidade Estadual do Maranhão

Prof. Do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioespacial e Regional e do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual do Maranhão e  Coordenador do Grupo de Estudos sobre Dinâmicas Territoriais – GEDITE.

Hermeneilce Wasti , Universidade Estadual do Maranhão

Coordenadora do Curso de Geografia e Vice-Coordenadora do Programa Ensinar de Formação de Professores. Colaboradora do Programa de Pós-Graduação de Geografia (PPGEO/UEMA).Trabalha com as disciplinas de Geografia Urbana e Geografia da Saúde.

Francisco Borges , Universidade Estadual do Maranhão

Professor do Corpo Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal e Pesquisador Senior da Universidade Estadual do Maranhão com experiência Epidemiologia.

Referências

AQUINO, Joacir Rufino de; NASCIMENTO, Carlos Alves do. Heterogeneidade e dinâmicas das fontes de ocupação e renda das famílias rurais nos estados do Nordeste brasileiro. Grifos, v.29, n.50, p.126-148, 2020. Disponível em: http://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/grifos/article/view/5417 . Acesso em: 17 jun. 2020.

Boletins Covid-19. Portal da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão 2020, São Luís, 2020. Disponível em: http://www.saude.ma.gov.br/boletins-covid-19/. Acesso em 17 jun. 2020.

CUNHA, Hermeneilce Wasti Aires Pereira. Lugar de cadeirante é em casa? Mobilidade, acessibilidade no transporte coletivo e o espaço da diferença em São Luís. 2012. 213 f. Tese (Doutorado), Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2012.

FEITOSA, Flávia F. Análise de Agrupamentos (Cluster Analysis). 2019. 38 slides. Disponível em: https://www.dropbox.com/s/vq7zcv0bpwqahue/14_Agrupamentos.pdf?dl=0. Acesso em 14. jun. 2020.

FERRACINI, R.; NAVES, W.; ALVES, R. . Geografia do COVID-19 no Território Tocantinense. Metodologias e Aprendizado , v. 3, p. 40 - 43, 8 jun. 2020.

GUIMARÃES, Raul Borges. Geografia e saúde coletiva no Brasil. Revista Saúde Soc. São Paulo, v.25, n.4, p.869-879, 2016.

FITZ, Paulo Roberto. Geoprocessamento sem complicação. São Paulo: Oficina de Textos, 2008a.

FITZ, Paulo Roberto. Cartografia básica. São Paulo: Oficina de Textos, 2008b.

HARVEY, David. 17 contradições e o fim do capitalismo. Tradução Rogério Bertoni. São Paulo: Boitempo, 2016.

INSTITUTO MARANHENSE DE ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS E ESTUDOS CARTOGRÁFICOS. Regiões de desenvolvimento do estado do Maranhão: proposta avançada. São Luís: IMESC, 2020. Disponível em: http://imesc.ma.gov.br/src/upload/publicacoes/382564664c4eb6e9b71374f5eda9fa1816222222.pdf. Acesso em 17 jun. 2020.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo – razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 1999.

SANTOS, Milton. Espaço e método. São Paulo: Nobel, 1985.

SANTOS, Milton; SILVEIRA, Maria Laura. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Editora Record, 2001.