O CONTEÚDO LUTA NO CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: POSSIBILIDADES ATRAVÉS DO PROJETO JUDÔ ESCOLAR

  • Paulo Fernando Mesquita Junior Instituto Federal Catarinense campus Santa Rosa do Sul
  • Jaqueline Ferreira Borges Mesquita E.E.F. Profº Mota Pires.

Resumo

O presente trabalho trata-se de um projeto de extensão realizado, no âmbito do Instituto Federal Catarinense campus Santa Rosa do Sul (IFC-SRS), em parceria com escolas da região, visando contribuir com a formação permanente e ampliação das possibilidades de atuação dos sujeitos envolvidos. Sendo assim, desenvolvemos em parceria com a Escola de Ensino Básico Professor Mota Pires, localizada no município de Araranguá, o curso de “Judô Escolar”. O desenvolvimento do projeto ocorreu em quatro etapas: i) Fundamentação e discussão teórica (com o apoio de materiais específicos produzidos pelo IFC-SRS); ii) vivências práticas orientadas pelo professor; iii) discussão, reflexão e avaliação do projeto; iv) Cerimônia de certificação. Resultados e conclusão: dos vinte e três (23) participantes, vinte e um (21) concluíram o curso. E de acordo com à avaliação realizada junto aos envolvidos, o projeto demonstrou ser uma estratégia viável no que se refere a formação permanente e diversificação do currículo da Educação Física Escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Paulo Fernando Mesquita Junior, Instituto Federal Catarinense campus Santa Rosa do Sul
Mestre pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2014). Especialista em Metodologia e pesquisa em Educação Física - FIA/SP (2001). Licenciado em Educação Física pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS (2000). Atua como Professor no Instituto Federal Catarinense - IFC. Tem atuado nas linhas de Lazer e entretenimento, Educação Física Escolar, Atividade Física e Qualidade de vida.

Referências

CAPARRÓZ, F. E. Parâmetros Curriculares Nacionais de Educação Física: “o que pode ser que não é o que não pode ser que não é”. In: BRACHT, V.; CRISORIO, R. A Educação física no Brasil e na Argentina: identidade, desafios e perspectivas. Campinas/SP: Autores Associados; Rio de Janeiro: PROSUL, 2003.

DARIDO, S. C. Educação Física na escola: questões e reflexões. Araras/SP: Gráfica e Editora Topázio, 1999.

DIECKERT, J. Uma retrospectiva de (meus) 30 anos de atividade de Assessor, de magistério e de pesquisa na formação de professores de Educação física no Brasil. In: STRAMANN, R. H.; TAFFAREL, C. Z. Currículo e educação física: formação de professores e prática pedagógica nas escolas. Ijuí: Ed. Unijuí, 2007.

FERREIRA, H. S. A utilização das lutas como conteúdo das aulas de Educação Física. Revista EFDeportes - Buenos Aires - Año 13 - Nº 130 - Marzo de 2009. Disponível em: (http://www.efdeportes.com/efd130/lutas-como-conteudo-das-aulas-de-educacao-fisica.htm). Acesso: 05/11/2011.

NASCIMENTO, P.R. B.; ALMEIDA, L. A tematização das lutas na Educação Física Escolar: restrições e possibilidades. Rev.Movimento, Porto Alegre, v.13, n.03, p.91-110, set/dez de 2007.

NEIRA, M. G.; UVINHA, R. R. Cultura corporal: diálogos entre educação física e lazer. Petrópolis/RJ: Vozes, 2009.

OLIVEIRA, M. A. T. Práticas Pedagógicas da Educação Física nos Tempos e Espaços Escolares. In: BRACHT, V.; CRISORIO, R. A Educação física no Brasil e na Argentina: identidade, desafios e perspectivas. Campinas/SP: Autores Associados; Rio de Janeiro: PROSUL, 2003.

SOUZA, F. T. R.; PAGANI, M. M. A Educação Física Escolar do Ensino Médio: a ótica do aluno. Rev. ECS, Sinop/MT, v.2, n.2, p.109-119, jul./dez. 2012.

Publicado
2020-01-31