Experiências e Ações junto a Coordenação de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do Instituto Federal de Catarinense Campus Blumenau

  • Ríad Mattos Nassiffe IFC - Campus Blumenau
  • Alexandre da Silva Faria
  • Larissa Carolina Wetzel IFC - Campus Blumenau
Palavras-chave: Pesquisa, experiências, Ações, Organização, Trabalho em equipe

Resumo

Este trabalho visa exteriorizar os estudos, experiências e ações de estudantes/bolsistas junto a coordenação de Pesquisa do Instituto Federal Catarinense – IFC, campus Blumenau. Trata-se de um processo que une as funções dos setores em prol da comunidade local, a partir da submissão, análise, organização, divulgação e execução de projetos e eventos. Este movimento inicia-se com a leitura das Resoluções, Editais e Leis que tratam sobre regulamentação, ações e fomentos das atividades de Pesquisa e Inovação. Determinam, ainda, que os bolsistas das respectivas áreas auxiliem no bom funcionamento dos setores, de forma a agilizar os processos e estimulando o trabalho em equipe, para garantir maior eficiência nas atividades desenvolvidas. A Pesquisa constitui-se como parte não separada do Ensino e da Extensão, atuando no agenciamento, fomento e acompanhamento das atividades de pesquisa e inovação dos servidores e estudantes. Visando o processo de construção e manutenção de uma cultura de Pesquisa no campus, os bolsistas se envolvem e tornam-se parte fundamental na realização de eventos. Além disso, experienciam as dinâmicas e trâmites dos processos de Pesquisa dentro de uma instituição de ensino. Mapear, organizar, gerar memórias e arquivos sobre aquilo que diz respeito ao campus se coloca e se constitui em uma das ações mais desenvolvidas. Com o desenvolvimento dessas atividades foi possível perceber, ao menos no que diz respeito a cultura de pesquisa e inovação do campus Blumenau, que é necessário buscar maiores fomentos e incentivos. Para tanto, a figura de um estudante envolvido no processo se faz salutar, uma vez que, contribui nesses processos. Por fim, ressaltamos que com o engajamento de bolsistas junto a coordenação em questão, faz possível organizar as competências, colocando em pauta um caráter multidisciplinar em que os objetivos se constroem sobre o conhecimento burocrático com o qual os setores atendidos lidam diariamente.

Publicado
2019-02-04
Seção
Poster